Viagem “pé na areia”: como planejar as férias na praia

Passar alguns dias de frente ao mar e com o pé na areia está entre as preferências do brasileiro na hora de tirar férias. Até porque a maior parte da população é apaixonada por praia. Seja pelo clima tropical ou pelo fato de o país abrigar algumas das melhores do mundo. Tudo isso faz com que alguns dias de viagem sejam suficientes para se desligar dos problemas, acabar com o estresse e voltar revigorado para a rotina.

Mas, garantir que uma viagem te faça bem em vez de gerar mais problemas, depende de algo fundamental: planejamento. Roteiros, gastos, prazos e hospedagem, por exemplo, são questões que devem ser pensadas antes para que, durante o passeio, você possa apenas se divertir. Por isso, separamos algumas dicas importantes para que você aproveite o melhor da sua viagem.

Escolha um destino

Quando se fala em férias, há sempre aqueles lugares “da moda”. Mas o que atrai outras pessoas pode não ser atraente para você. Pesquise bastante sobre o local que você pretende visitar. E, principalmente, leve em conta aquilo que te faz bem.

Gosta de badalação, festas e uma vida noturna agitada? Tudo bem, você vai encontrar algo que ofereça isso. Ou você gosta de calmaria e praias quase desertas, apenas para ouvir o barulho das ondas? Também há várias opções.

O mesmo raciocínio vale, por exemplo, para quem curte pegar ondas ou quer um mar mais calmo para brincar com as crianças. É preciso pesquisar e escolher. Uma coisa, entretanto, é importante para qualquer pessoa: certificar-se de que a praia é limpa e que a água é própria para o banho de mar.

Faça a reserva da hospedagem

A reserva da hospedagem é importante por vários motivos. O primeiro é óbvio: como você não terá que rodar a cidade atrás de um local para ficar, sobra mais tempo para se divertir ou descansar. Segundo, você não corre o risco de se deparar com estabelecimentos lotados. Terceiro, a reserva pode garantir preços menores. 

E, por fim, você consegue, de antemão, ter a certeza de que ficará em um local que atende às suas necessidades e expectativas. Até porque já deve ter pesquisado sobre ele na internet. Ou seja, por tudo isso, a reserva se torna fundamental, mesmo quando você viaja fora da alta temporada, e não corre tanto risco de encontrar estabelecimentos lotados. 

Faça as contas

Uma viagem de férias custa dinheiro, mas é possível curtir uns dias de frente ao mar gastando muito ou pouco. É você quem escolhe. O importante é se planejar. Faça as contas para saber quanto você pode ou está disposto a gastar. Isso vai pesar na escolha do destino e do local de hospedagem, por exemplo.

Vai impactar, também, na decisão sobre ir de carro, ônibus ou avião. E, é claro, há os gastos com comida. Defina um teto ou um valor médio para cada refeição e multiplique pelo total de refeições que planeja fazer. Cheque, ainda, os possíveis passeios a serem feitos. Considere separar um dinheiro para fazer compras, como aquelas tradicionais “lembrancinhas” e ainda reserve uma quantia para eventuais imprevistos.

Crie um roteiro

Você provavelmente não ficará com o pé na areia o tempo todo. Vai querer conhecer algum restaurante, fazer um passeio, como um mergulho, ou conhecer pontos turísticos. E, além de faltar dinheiro para tudo isso, pode faltar tempo. Ou você pode ir em um horário de pico, encontrar filas, se cansar demais e ficar sem tempo para outras coisas, por exemplo. Por isso, é importante buscar informações sobre a cidade e as atrações, o que também ajuda a definir o orçamento e o  tempo de estadia.

Atenção na hora de fazer as malas

Por fim, levar menos que o necessário, na viagem de férias, pode ser um problema. Até porque esquecer algo importante é sinal de dor de cabeça lá na frente. Por outro lado, levar coisa demais não é legal. São muitos volumes para carregar e menos espaço vazio no carro ou no quarto. Sem falar que fica bem mais complicado encontrar as coisas na mala.

Algumas dicas são calcular uma troca de roupas por dia, mas levar algumas peças a mais, para o caso de imprevistos. Além disso, mesmo no verão, não custa nada levar, por precaução, um agasalho. Sem falar em toalhas e demais itens exigidos na praia, como o protetor solar. Nesse caso, temos um texto específico sobre o que levar na mala que vai te ajudar bastante. E se depois de pensar em tudo isso você escolheu São Sebastião, para curtir as férias de frente ao mar, o Porto Paúba está pronto para te receber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.